Markão Aborígine mais uma vez irá apresentar o Festival

Primeiro finalista e vencedor do Premio Tom Jobim de música do gênero Hip Hop, festival nacional de novos talentos promovido pelo Sesc. Este é o trabalho artístico e social desenvolvido e fundado pelo Mestre de Cerimônia conhecido como Markão Aborígine.

A palavra aborígine é oriunda do latim, ab – desde e origin – início, ou seja, desde o início. Em outras traduções, raiz e natural da terra. Logo as canções deste expõe em cada letra, em cada música maturidade e consciência política e de local, fomentando o conhecer e fortalecimento de nossas raízes; vencendo a barreira do denuncismo e propondo alternativas através do Rap e principalmente da militância social.

Markão, que além de Rapper é ativista social e educador popular, onde por 03 anos fora Conselheiro Tutelar, também atuou na fundador da Frente
Candanga de Hip Hop Contra a Corrupção, que nas eleições de 2010 desempenhou papel importante na conscientização do voto da juventude
periférica, e também fundou a ONG Coletivo ArtSam, que desenvolve ações culturais e sociais na cidade de Samambaia.

O trabalho é apresentado em dois álbuns já lançados. O Primeiro chegou às ruas em Julho de 2009 com o título: Dia e noite. Dia açoite. Noite fria, e com este, Aborígine é um dos principais e mais atuantes grupos de Rap da capital do país.

Se apresentando nos maiores festivais da capital como o BSB Rap Festival, Hip Hop do Cerrado e Hip Hop Contra o Crack, bem como destaque nos Festivais de música popular de Samambaia, onde por 02 anos consecutivos recebeu prêmios de Melhor letra e Originalidade, e em 2009 ficou
com a terceira colocação dentre mais de 60 artistas inscritos.

Com versatilidade musical, intervenção poética e shows em formato eletro – acústico, Aborígine já se apresentou em inúmeros estados como São
Paulo, Rio de Janeiro – participando do maior festival de Hip Hop da América Latina – Hutuz, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraíba, e em Belém do Pará onde dividiu palco com o grupo Argentino Actitud Maria Martha, Goiás e Pernambuco.

Tal trabalho teve início em 1998, enquanto o então aluno do ensino fundamental da rede pública de ensino do Distrito Federal, a convite de professoras transformava trabalhos escolares em poesia, herança poética de um avô repentista. De lá até aqui foram palcos, sorrisos, alegrias e conquistas.

Em julho de 2010, chega as ruas o segundo álbum do Aborígine, intitulado ‘A vida em poesia’ sendo este um CD somente de declamação, tornando-se o primeiro Rapper a gravar um CD de poesias. Este foi distribuído em Saraus da cidade.

Aborígine é formado por Markão – Vocal, DJ Liso, Henrique QI – Vocal, Glauber – Vocal, Eduardo Kalango – percussão e Rodrigo Misquita – Backing Vocal e Violão. Vem ocupando espaço de vanguarda no ativismo dentro do Hip Hop na capital, e se afirmando com um dos principais projetos candangos.

Segundo o Rapper GOG, um dos maiores artistas do Hip Hop brasileiro: “Aborígine é um dos trabalhos e MCs mais completos do Distrito Federal”, para DJ Raffa, maior produtor musical do gênero “o comprometimento de Markão Aborígine com a Cultura Hip Hop no Distrito Federal é um exemplo para todos”.

Crônica Mendes, do grupo A Família já define Markão como: “Atuante no palco e fora dele, uma grande referência para a juventude do DF e Entorno, e de todo Brasil”.

Com o CD “Dia e noite. Dia açoite. Noite fria” o projeto Aborígine percorreu mais de 80 escolas públicas e entidades sociais promovendo oficinas
de formação e palestras sobre consumo excessivo de álcool e drogas, cidadania.

O álbum vem acompanhado de uma revista que versa sobre o tema e contém poesia, texto e roteiro de oficina, sendo doado a cada instituição onde
se promove a palestras.

Dado a legitimidade dos trabalhos e ativismo, o artista Aborígine fora contemplado no Prêmio Preto Ghoez na categoria Escola de Rua, promovido
em 2010 pelo Ministério da Cultura.

Em janeiro de 2011 lança o clipe e mini-documentário Meio Século, que recebeu criticas e elogios de todo o país, sendo vinculado aos maiores portais de Hip Hop. Com este fora realizado mostra de mesmo nome em escolas e saraus locais, sendo produzido um DVD e o distribuído gratuitamente.

O vídeo traz reflexão sobre os 50 anos de Brasília, apontando suas contradições, bem como faz memoria ao Massacre da GEB e denúncia o abandono do Parque Três Meninas em Samambaia.

Em agosto de 2013 lançou seu primeiro livro intitulado ‘Sem rosto, família ou nome, produzido a partir de materiais recicláveis em parceria com a
Editora Popular Abadia Catadora, bem como em formato virtual, realizando lançamento e debates na Bienal de Poesia do B e VI Congresso Latino
Americano de Compreensão Leitora, realizado em Formosa – GO.

Atualmente o projeto encontra-se em estúdio com perspectiva de lançamento do álbum “O Canto dos mártires” para setembro deste ano.
Principais eventos e apresentações:
– Vencedores do 1º FestCem – Festival de música escolar de Taguatinga em 2001;
– Grito dos excluídos em 2004 e 2005;
– Feira de economia solidária de 2006;
– 1º Fórum de juventude do Distrito Federal em 2006
– Encontro de formação Hip Hop Educação Cidadã em 2006, 2007 e 2008;
– 1º, 2º e 3º Festival de arte e cultura de Samambaia;
– 4º Festival de música popular de Samambaia em 2008, onde recebe
prêmio de originalidade e melhor letra com a música “O azul de uma caneta”;
– Fórum Social Mundial de 2009 em Belém do Pará;
– BSB Rap Festival 2ª Edição em 2009;
– Prêmio Hutuz 2009, maior festival de Hip Hop da América Latina;
– 4º Festival de música popular de Santa Maria em 2009, recebe Prêmio de Melhor Letra;
– 5º Festival de música popular de Samambaia em 2009. 3º colocado dentre mais de 70 bandas inscritas e vence nas categorias Originalidade e Melhor letra, interpretando a canção ‘Adolescência em retratos’;
– Câmara Perto de você – Programa da Câmara legislativa em 2009
– Festival Rap Popular Brasileiro 2009, onde garante a 2ª colocação dentre 38 grupos inscritos;
– Campanha Educativa do Metrô em 2009. Ocasião onde fazia apresentações dentro dos vagões junto a Repentistas;
– 4° Encontro de Hip Hop em Pirenopólis, Festival P iri Rap em 2009;
– Seminário Internacional do Programa Cultura Viva em 2010;
– Festival Elemento em Movimento promovido pela CUFA em 2010;
– Mestre de Cerimônia no Festival Hip Hop do Cerrado em 2010;
– Batalha de Breaking Underground Session e District Battle em 2010;
– Brasília Outros 50 em 2010;
– Dia da Consciência Negra em Samambaia 2009 e 2010;
– Festival Criadoras em 2010;
– Aniversário de 20 anos de Samambaia em 2010;
– Feira do Hip Hop em 2010;
– Palco Alternativo – Carnaval Samambaia em 2011
– Circuito REConceito em 2011;
– Encontro de Grafite de Santa Maria em 2011;
– Circuito Cultural da Quebradas – Circula Cultura em 2011;
– Festival FloreSendoIdéias em 2011 – Recife, Pernambuco;
– Teia Centro Oeste em 2011 – Cuiabá, Mato Grosso;
– Festival 100%DF em 2012;
– 1º Encontro Cultural de Samambaia em 2012;
– Festival Hip Hop Contra o Crack – Gravação do DVD, em 2012;
– Quinta Cultural da UCB em 2012
– 2º Encontro Cultural em Votuporanga – SP em 2012;
– Open MIC em 2012;
– 3º Colocado no Prêmio Tom Jobim de Música em 2012;
– Campanha O que você tem haver com a corrupção – MPDFT nas escolas em 2013;
– Hip Hop Direitos Humanos em 2013;
– Poerão do Rock em 2013;
– Festival Arte Livre na Seca
– Festival Música no Parque
– 5º Encontro Cultural do Hip Hop
– Temporadas do Parque
– 3ª Bienal de Poesia do B
– Noite Cultural no Congresso Latino Americano de Compreensão Leitora.

DISCOGRAFIA
– 2006: Single ‘Coisas que sempre quis dizer’
– 2006: Blog www.aboriginerap.blogspot.com
– 2009: CD e Revista ‘Dia e Noite. Dia açoite. Noite Fria’
– 2010: CD ‘A vida em poesia’
– 2010: Single ‘Meio Século’
– 2011: Vídeo Clipe e Mini Documentário ‘Meio Século’
– 2012: Single ‘O Circo’
CONTATOS
Fone: 3209 6711 e 9602 6711
E-mail: contatoaborigine@gmail.com
Site: www.aboriginerap.blogspot.com
LINK’S ÚTEIS
– Blog: www.aboriginerap.blogspot.com
– Palcomp3: www.palcomp3.com.br/aborigine
– Myspace: www.myspace.com/markaoaborigine
– Youtube: www.youtube.com/canalaborigine
– Facebook: http://www.facebook.com/markao.aborigine
VÍDEO CLIPE
http://www.youtube.com/watch?v=e9bdXcNXN1Q&feature=player_embedded