Dj Raffa

Dj Raffa 05

 

dj raffa44

Em 1983 Raffa dançava Break nas ruas do DF, e foi assim que começou no movimento Hip Hop. No ano de 1984 já fazia pequenas montagens, para que os grupos de Break pudessem se apresentar. Em 1986 formou a Equipe de Som “Enigma” e paralelamente, começou a trabalhar como Dj em varias casas noturnas, bailes e também como operador em varias Rádios da capital. Em 1988 já era técnico de gravação no Estúdio Sete. Em 1989 se formou como Engenheiro de Som no “Recording Workshop”, em Ohio nos Estados Unidos. No mesmo ano seu grupo lança o primeiro disco de Rap do DF, intitulado “A ousadia do Rap de Brasília”. Em 1990 lança no mercado varias produções de sua autoria. Um ano depois o grupo Magrellos lança um disco pela Sony Music, tendo elogios da imprensa de todo país, pela qualidade de seu trabalho como Produtor. Em 1992, forma juntamente com Marcão, o grupo de Rap “Baseado nas Ruas” e se muda para São Paulo, começando a trabalhar em vários estúdios em São Paulo. Em 1993 lança o segundo disco do “Baseado”, que acaba tornando-o o Produtor de Rap Nacional mais solicitado em todo Brasil. No ano de 1995 volta para Brasília, onde foi um dos responsáveis pela abertura de mercado próprio do Rap Nacional do DF. Em 2000 lança o seu primeiro Cd solo, de produção instrumental. Em 2002 fez um trabalho social voluntário no presídio da Papuda com recuperação de jovens através da musica. No inicio de 2003 lança uma coletânea comemorativa de 20 anos de Hip Hop, com participação de vários artistas. Em 2006 coordenou o nucleo de Hip Hop do projeto social Crescer em Boa Vista RO.

Nos anos de 2005 e 2006 foi Professor de Noções de Áudio e Acústica, MIDI e Oficinas de gravação, curso escrito por ele mesmo na Tecmus da EMB (Escola de Musica de Brasília). E Diretor do Estúdio de Gravação da Associação Cultural Cláudio Santoro. Idealizador e Coordenador do Seminário Hip Hop do DF e Entorno e dos Festivais de Hip Hop do Cerrado, que acontecem anualmente.

Trabalhou com o grupo de percussão e musica eletrônica Patubaté durante os anos de 2007 e 2008 fazendo shows por todo Brasil e em Nova York EUA, Madri Espanha e Lisoba Portugal. Desde 2007 vem ministrando oficinas de Produção Musical pelo projeto “Eu faço Cultura” por todo Brasil.

Atualmente faz produções para todo Brasil e exterior, toca e produz o Atitude Feminina e se dedica ao novo projeto “Caminhos Audiovisuais” Ponto de Cultura que coordena.

Estão na sua lista de produções os seguintes grupos:

Atitude Feminina, MV Bill, Consciência Humana, De Menos Crime, U Negro, FDS, Sistema Central, Gog, Sistema Negro, PMC, Visão de Rua, Comando DMC, Geração Rap, Duck Jam e Nação Hip Hop, Produto da Rua, Filosofia de Rua, N de Naldinho, Guindart 121, Sociedade Anônima, CXA, Câmbio Negro, Cirurgia Moral, Código Penal, Álibi, Jamaika, Kaballa, Provérbio X, Verdade Relatada, Relato Bíblico, El Patito Feo, Voz sem Medo, Viela 17, Dino Black, Original, Ameaça Urbana, Magrellos, Baseado nas Ruas, Sabotagem, X, Condenação Brutal, Stillo Radical, Moleque Doido, ED Blue, Irmandade Negra, Efeitos, Ato Mc, Tribo do Guetto, Banka de K, Maverick, Angel Duarte, Katia Pinheiro, Manacrew, Ato MC, Patubate entre outros.